A icônica trajetória
de Jô Soares na TV

O humorista, apresentador, dramaturgo e escritor Jô Soares faleceu na madrugada desta sexta-feira (5) após travar uma batalha contra a pneumonia no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Aos 84 anos, o apresentador morreu por volta das 2h30.

A partida de Jô Soares deixa registrado uma trajetória marcante na televisão brasileira. Multifacetado, o apresentador espalhou seu humor e talento na dramaturgia durante 68 anos de carreira.

A estrela do artista começou a brilhar no final dos anos 50, quando surgiu como ator de comédia na televisão e até mesmo no cinema.

A estreia de Jô Soares na TV, inclusive, aconteceu com seu personagem Alemão de 'A Praça da Alegria', na RecordTV, atualmente chamado de 'A Praça é Nossa' e produzido pelo SBT.

Após 10 anos de sucesso no programa, Jô Soares interpretou sua primeira e única na novela, a 'Ceará contra 007', também da RecordTV.

Nos anos 70, o artista chegou à TV Globo para estrelar seus primeiros humorísticos na emissora.

Já nos anos 80, o comediante se lançou como apresentador na primeira edição de 'Viva o Gordo', marcando sua carreira e um de seus principais slogans.

Cheio de convidados e personagens autorais, o programa ficou no ar por 6 anos até que ele aceitasse fazer um programa de entrevistas no SBT, o 'Jô Soares Onze e Meia'.

Nele, o apresentador mudou a história do país e revolucionou os programas 'talk show' ao entrevistar candidatos políticos após a ditadura militar, mas sem perder seu contato com o ambiente artístico.

De volta à Globo nos anos 2000, estreou o clássico 'Programa do Jô' que ficou no ar por 16 anos. Em 2016, decidiu se afastar das telinhas e se dedicou a carreira de escritor, lançando nove livros.

Texto: Laura Vicaria
EDIÇÃO: GUSTAVO CORREIA
SUPERVISÃO: VITOR BALCIUNAS
CRÉDITOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO/
CEDOC/ZE PAULO CARDEAL/

CLIQUE AQUI!