Pantanal: O que muda
na segunda fase

O remake de Pantanal, novela das 9 da Globo, estreou no dia 28 de março e vem conquistando o público. Com uma audiência consolidada, a trama passará por uma passagem de tempo que promete movimentar os núcleos.

A segunda fase da trama está prevista para ir ao ar no dia 12 de abril, no capítulo 14. Essa passagem trará diversas mudanças que vai de troca de personagens à chegada de novos rostos no folhetim. Confira o que muda na segunda fase de Pantanal:

Duas famílias: O fazendeiro Tenório surgirá e ainda viverá uma vida dupla. Ele se dividirá entre duas família: uma no que vive com ele no Pantanal e outra que mora em São Paulo.

Nas terras pantaneiras, o fazendeiro vive com a esposa, Maria Bruaca (Isabel Teixeira), e a filha, Guta (Julia Dalavia). Já na capital paulista fica a amante Zuleica (Aline Borges), ele teve três filhos: Marcelo (Lucas Leto), Roberto (Cauê Campos) e Renato (Gabriel Santana).

Retorno Irandhir Santos: O ator que conquistou o público com sua impecável atuação interpretando Joventino retornará. O artista chegará na segunda fase como José Lucas, o filho bastardo de Zé Leôncio (Marcos Palmeira), fruto da relação do peão com uma prostituta. 

Briga entre irmãos: Zé Leôncio terá que lidar com as intrigas entre os três filhos. Jove (Jesuita Barbosa) será o ponto inicial de todas as brigas com os irmãos. Com Tadeu (José Loreto) disputará a atenção do pai e com José Lucas o amor de Juma (Alanis Guiller).

Chegada de Juma Marruá: Falando nela, a jovem aparecerá nos próximos capítulos da obra. Da mãe, ela aprenderá a se defender de tudo e todos e herda os hábitos, as artes da caça e a capacidade de não depender de ninguém para nada. 

Acreditando que a vida é melhor só, mudará de opinião ao conhecer Jove. Na primeira vez que o filho de Zé Leôncio e a garota selvagem ficarem frente a frente se apaixonarão perdidamente.

Filho de Almir Sater: Aos 40 anos, Gabriel Sater retorna as telinhas para viver Trindade. O personagem misterioso que foi interpretado na versão original por seu pai, o ator Almir Sater. Ele será um violeiro antes de ser peão.

Velho do Rio: O personagem interpretado por Osmar Prado chegará entre o final da primeira e início da segunda fase. Uma espécie de guardião do Pantanal. Apresenta-se vezes em forma de gente, vezes em forma de sucuri, a maior de todas que já se viram pelo lugar.

Texto: Gabriela Cunha
EDIÇÃO: GUSTAVO CORREIA
SUPERVISÃO: VITOR BALCIUNAS
CRÉDITOS: TV GLOBO